silicone-nos-seiosO tamanho dos seios pode ser um fator preponderante para a baixa autoestima e por isso o número de mulheres que tem optado por silicone cresceu muito nos últimos anos.

Para quem está pensando em apostar numa cirurgia como essa para aumentar o volume dos seus seios é interessante conhecer alguns detalhes como, por exemplo, tipos e formatos das próteses.

Silicone nos seios|Será?

A primeira questão que surge na mente de alguém que deseja ter seios maiores é se deve mesmo apostar no uso de próteses de silicone para atingir seu objetivo. Uma questão que somente a própria paciente que pode responder. Se o tamanho ou formato dos seios incomodam de maneira a tornar a sua autoestima baixa pode ser interessante contar com esse recurso. Contudo, não se deve correr para uma clínica sem pensar bem antes. Conversar com o médico cirurgião pode ser bem importante para ter certeza de que você realmente quer fazer esse implante.

É possível obter resultados naturais?

Existe um certo preconceito com o silicone nos seios, acredita-se que o silicone é sempre exagerado e deixa evidente que houve intervenção cirúrgica. Nem sempre é assim, especialmente quando a paciente fica ciente das possibilidades de escolher diferentes tipos de próteses e formatos. Sempre tem um formato que propicia mais naturalidade para as mamas que mesmo com o aumento parecem naturais. Entender as diferentes opções de projeção dos seios é o que te ajudará a chegar num resultado mais natural.

Tipos e formatos próteses

Tipos-e-formatos-prótesesQuando se fala em silicone em geral pensamos no tamanho, mas os médicos cirurgiões alertam que a escolha do tipo e do formato da prótese faz toda a diferença. Então antes de focar no quanto você deseja aumentar o tamanho dos seus seios pense em que formato você deseja para que seu busto fique bonito e tenha o resultado desejado.

Tipo baixo, formato de base alongada

Um dos modelos de prótese de silicone mais usados é aquele que por ter uma base larga oferece maior projeção do colo sem aumentar necessariamente o volume dos seios.

Tipo moderado, formato de base larga

Nesse tipo de prótese também se tem uma base larga de maneira a obter maior projeção do colo, mas sem necessariamente aumentar demasiadamente o volume dos seios. Porém, oferece um aumento mais significativo que o modelo baixo.

Tipo alto, formato de base menor

O tipo de prótese para quem deseja aumento do volume dos seios sem tanta necessidade de deixar o busto mais largo. Ideal para quem quer mais volume nas mamas, mas sem tanta necessidade de projetar o busto.

Tipo superalto, formato de base pequena

A prótese de quem deseja aumento bastante significativo dos seios, mas sem a projeção de base do colo. Pode ser uma interessante para quem quase não apresenta volume nos seios.

Tipo anatômico, formato de gota

Esse modelo de prótese é diferente das demais porque imita a forma de uma gota de maneira a proporcionar aumento proporcional para os seios. A ideia é não projetar simplesmente as mamas e sim fazer com que os seios adquiram um formato mais natural.

Como escolher?

O cirurgião plástico deve fazer uma avaliação da paciente para saber se existe a real necessidade de implante de prótese e que tipo é mais indicada. A escolha deve ser feita com base no desenho natural dos seios e do tanto que eles necessitam de projeção e aumento de volume.

Com quantos anos é possível colocar silicone?

Os médicos recomendam que a colocação da prótese aconteça depois que já passou todo o período de desenvolvimento mamário, isto é, o fim da puberdade. Nesse período os seios ainda estão em fase de crescimento e de aquisição de desenho de forma. Sendo assim é importante esperar que essa fase tenha terminado para que se possa saber qual é o estágio final dos seios para somente então saber se é mesmo necessário colocar silicone ou não. Menores de idade somente podem realizar procedimentos estéticos de cirurgia plástica com o consentimento dos pais.

Onde são realizadas as cirurgias de colocação de silicone?

Visando oferecer mais segurança para as pacientes esse tipo de cirurgia é realizada geralmente em hospitais que estão melhor equipados para alguma emergência. Contudo, é possível que a cirurgia seja realizada em clínicas estéticas que estejam de acordo com as regras da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Pesquise bem as referências da clínica em que você deseja realizar a sua cirurgia para ter certeza de que é um local adequado para esse tipo de procedimento.

Avaliação

Para que o procedimento de cirurgia de silicone seja bem sucedido é necessário que o médico faça uma avaliação completa da paciente e em geral esse processo leva em torno de um mês. A dica que podemos dar é que a pessoa interessada em colocar silicone procure um médico já no primeiro momento em que pensar em colocar as próteses para que possa tirar as eventuais dúvidas chegando finalmente a solução de se irá ou não partir para a cirurgia.

Exames

Antes de realizar a colocação das próteses de silicone a paciente deverá realizar uma série de exames como mamografia, por exemplo, com o objetivo de avaliar que está tudo bem e também de servir de referência para esses exames no futuro. Devemos lembrar que as próteses irão ser um elemento estranho que poderá interferir nos exames no futuro.

Antes e depois da internet

Para quem está pensando em colocar silicone devemos alertar que não se baseie em fotos de antes e depois da internet, pois o resultado nem sempre será o mesmo para você daquele da pessoa da foto. Então antes de basear a sua decisão de colocar silicone em fotos online converse com seu médico, pois ele poderá te ajudar a ter uma ideia de como ficará o resultado depois e qual o melhor formato de prótese.

Esteja certa da sua decisão

Para que você não se sinta frustrada após colocar silicone é essencial estar complemente certa da sua decisão. Então antes de correr para um médico cirurgião se pergunte se a prótese de silicone é realmente tão necessária para o aumento da sua autoestima.

Como aumentar os Seios

Leia também: